Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

RELAÇÃO ENTRE ESTADO NUTRICIONAL E QUALIDADE DO SONO EM PESSOAS VIVENDO COM HIV/AIDS

Introdução

Na última década, diversos estudos têm mostrado associação entre duração curta de sono e estado nutricional, porém pouco se tem conhecimento sobre a relação da qualidade do sono e estado nutricional. Isso é particularmente importante em situações em que os hábitos nutricionais são alterados, como é o caso de pessoas que vivem com HIV/AIDS (PVHA).

Objetivo

Verificar a relação dos aspectos nutricionais com a qualidade do sono entre pessoas vivendo com HIV/Aids.

Métodos

Estudo transversal realizado com 307 PVHA atendidas em serviço especializado em Aids do município de Santos/SP. Os aspectos nutricionais foram avaliados pelo índice de massa corporal (IMC), e pela alteração de peso nos últimos 12 meses e após a descoberta do HIV/Aids. A qualidade do sono foi avaliada pelo Índice de Qualidade de Sono de Pittsburgh (PSQI), sendo separada a qualidade de sono nos dias de trabalho e nos dias de folga. Foi realizada análise descritiva dos dados e o teste de hipóteses qui-quadrado de Pearson ou Exato de Fisher.

Resultados

A idade média dos participantes era de 47,6 anos (DP 12,1 anos), sendo 52,4% do sexo feminino, 49,5% solteiros (as), 33,9% com ensino médio completo e 39,7% relataram ter trabalho remunerado. Quase metade das PVHA eram eutróficos (47,9%), 7,3% desnutridos, 30,6% tinham sobrepeso e 14,3% obesidade). Um total de 47% relataram alteração de peso nos últimos 12 meses e 20,7% após a descoberta do HIV/Aids. A prevalência de má qualidade de sono foi de 53,3% nos dias de trabalho e 50,8% nos dias de folga entre os que tinham trabalho remunerado, e de 57,8% entre os que não tinham trabalho remunerado. Não houve diferença nas proporções da qualidade de sono de acordo com o estado nutricional. Por outro lado, foi verificada uma maior proporção de PVHA com qualidade de sono ruim nos dias de trabalho que mudaram de peso nos últimos 12 meses e após a descoberta do HIV/Aids. Nos dias de folga não foram verificadas diferenças nas proporções da qualidade de sono com as mudanças de peso.

Conclusões

O estado nutricional não tem relação com a qualidade de sono das PVHA estudadas, no entanto, a alteração de peso parece ser um fator importante para a qualidade do sono.

Palavras-chave

HIV, Síndrome da Imunodeficiência Adquirida, Nutrição, Estilo de vida.

Área

Área Básica

Instituições

Faculdade de Saúde Pública, USP - Sao Paulo - Brasil, Unifesp - Sao Paulo - Brasil, Unisantos - Sao Paulo - Brasil

Autores

Thais Carvalho Fonseca, Patrick Herman Paterlini, Pollyanna Pellegrino, Adriana Sousa Duarte, Luciana Fidalgo Ramos Nogueira, Marcelo Marcos Demarzo, Claudia Roberta Castro Moreno, Elaine Cristina Marqueze