Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

A privação do sono como um fator de risco para doenças cardiovasculares

Introdução

A privação do sono interfere de maneira negativa na qualidade de vida, em que a duração e a qualidade insuficientes de sono, independentemente de suas causas, têm forte associação com o aumento do risco de mortalidade, principalmente por doenças cardiovasculares.

Objetivo

Fortalecer a relação de doenças cardiovasculares em indivíduos com privação de sono, visto que tanto as doenças do sistema circulatório quanto os distúrbios do sono constituem um grave problema de saúde pública no Brasil e no Mundo, enfatizando a necessidade da maior valorização sobre o tema.

Métodos

Trata-se de uma revisão bibliográfica da literatura nacional e internacional, abrangendo artigos originais e outros sites online.

Resultados

As evidências de que privação de sono é um fator que pode contribuir de forma adicional ou até mesmo isolada para a ocorrência de patologias cardíacas são crescentes .Pessoas com privação de sono possuem um risco cardíaco elevado em aproximadamente 50%, contudo, ainda existe uma carência de estudos e relatos que comprovem essa relação diretamente causal.

Conclusões

A Medicina do sono é uma das áreas da saúde que mais evoluiu nas últimas três décadas e com isso há uma maior importância do melhor entendimento do problema em nosso meio, para que possam ocorrer modificações na abordagem dos pacientes com distúrbios do sono, visto as alterações fisiológicas que estes ocasionam. E discussões sobre as obrigações legais do médico diante do assunto.

Palavras-chave

Distúrbio do Sono. Privação do sono. Doenças Cardiovasculares

Área

Área Básica

Autores

Eduarda de Carvalho Essado, Marcela de Carvalho Essado, Gislaine Rodrigues Borges