Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

TRADUÇÃO E ADAPTAÇÃO CULTURAL PARA O PORTUGUÊS BRASILEIRO DO QUESTIONÁRIO DE QUALIDADE DE VIDA (SAQLI)

Introdução

A síndrome da apneia obstrutiva do sono (SAOS) é um distúrbio comum caracterizado por episódios recorrentes de obstrução da via aérea superior durante o sono, é uma doença crônica, incapacitante com muitas comorbidades como hipertensão arterial sistêmica (HAS), diabetes mellitus tipo 2, doenças cardiovasculares e cerebrovasculare e de sua alta prevalência. O diagnóstico é realizado por meio da polissonografia(PSG) mas, há a necessidade da utilização de medidas que possam avaliar a qualidade de vida dos pacientes e eficácia dos tratamentos propostos. Os questionários utilizados para avaliar a qualidade de vida dos doentes com SAOS não são feitos especificamente para essa doença. Nesse sentido faz-se necessário um instrumento clínico, o Sleep Apnea Quality of Life Index (SAQLI), que possa mensurar de maneira específica a qualidade de vida em pacientes com SAOS, antes e após tratamento para a referida doença.

Objetivo

Traduzir e adaptar culturalmente o questionário de qualidade de vida SAQLI para o português do Brasil.

Métodos

A tradução e adaptação cultural obedeceu aos procedimentos do guia padronizado e foi realizada em 5 etapas: Tradução, Síntese das Traduções, Retrotradução, Comitê de Revisã e Prova Técnica.

Resultados

Ao realizar a etapa do pré-teste verificou-se apenas 30 % de compreensão do questionário por parte dos participantes do estudo. Foi realizada reunião de consenso e modificadas algumas instruções. A versão (B) da prova técnica apresentou 80% de compreensão na população aplicada não sendo necessárias novas modificações. Foram realizadas 4 adaptações relativas às equivalências semânticas, 18 às equivalências culturais, 37 às equivalências conceituais e nenhuma idiomática.

Conclusões

O questionário foi traduzido e adaptado culturalmente para o português do Brasil do original em inglês apresentando bom índice de compreensão na população estudada. Foram necessárias várias mudanças lexicais, outras na estrutura da frase, no formato visual de uma das instruções e dos cartões, além da nomeação da classificação em ordem crescente, diferente do original, com o objetivo de manter a essência do questionário e de ser possível conhecer e mensurar os aspectos sociais, emocionais, os sintomas da doença antes do tratamento, sintomas relacionados ao tratamento e o impacto desse tratamento tornando-o acessível a uma população heterogênea sob o ponto de vista socioeconômico e cultural.

Palavras-chave

apneia, ronco, qualidade de vida, impacto, questionário

Área

Área Básica

Autores

Amélia Paula Fávero Perrone, Vanessa Vanessa Ruotolo Ferreira, , Lucila Fernandes do Prado, Gilmar Fernandes do Prado, Marco Antonio Machado, Luciane Bizari Coin de Carvalho