Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

Associação entre jet lag social e controle metabólico em pacientes com doenças crônicas não transmissíveis.

Introdução

A discrepância dos horários de dormir e acordar entre os dias trabalho (ou estudo) e dias livres, ou mais especificamente, entre o tempo social e o biológico, é chamado de jet lag social (JLS). Apesar de escassos na literatura científica, estudos apontam o JLS como um novo fator de risco para ao excesso de peso e parâmetros metabólicos alterados. As pesquisas dessa área desenvolvidas até o momento em geral partem de populações inicialmente consideradas “saudáveis” e buscam investigar a possível influência do JLS sobre fatores envolvendo o estilo de vida e etiologia de diferentes doenças. No entanto, se faz necessário também investigar a associação do JLS com controle de parâmetros metabólicos em indivíduos já diagnosticados com doenças crônicas não transmissíveis (DCNT).

Objetivo

Avaliar a associação entre jet lag social e controle de marcadores clínicos e bioquímicos de indivíduos com DCNT ao longo de um ano.

Métodos

Pacientes com obesidade, hipertensão arterial sistêmica [HAS], diabetes mellitus tipo 2 [DM2] ou dislipidemia atendidos em unidades do serviço público de saúde da cidade de Uberlândia-MG responderam a um questionário envolvendo: dados demográficos, uso de medicamentos, prática de atividade física e padrão de sono habitual. Do prontuário médico do paciente foram coletados os valores de pressão arterial (PA) e dados do perfil glicêmico e lipídico. Neste estudo retrospectivo longitudinal dois parâmetros metabólicos e de pressão arterial com intervalo de um ano foram comparados entre si. O JLS foi calculado pela diferença absoluta entre o ponto médio do sono nos fins de semana e dias de semana. Análises de regressão linear múltiplas ajustadas para fatores de confusão foram realizadas para investigar a associação do JLS com a evolução da pressão arterial e dos parâmetros metabólicos ao longo de um ano.

Resultados

Foram incluídos 654 pacientes (492 mulheres [75%], idade: 56,0 + 12,0 anos). A análise de regressão linear múltipla mostrou que o JLS foi positivamente associado com o delta (diferença) dos níveis de glicemia em jejum (β=0,09; p=0,04) e triglicerídeos (β=0,09; p=0,03) no intervalo de um ano; e negativamente associada ao delta dos níveis de lipoproteína de alta densidade (HDL-c) (β=-0,09, p=0,04).

Conclusões

O JLS pode influenciar negativamente o controle de marcadores metabólicos relacionados a DCNT, especialmente os níveis de glicemia de jejum, triglicerídeos e HDL-c.

Palavras-chave

jet lag social, doenças crônicas não transmissíveis, desalinhamento circadiano

Área

Área Clínica

Autores

Maria Carliana Mota, Catarina Mendes Silva, Laura Cristina Tibiletti Balieiro, Bruna Fernandes, Jokasta Sousa Rocha, Walid Makin Fahmy, Cibele Aparecida Crispim