Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

O transtorno comportamental do sono REM na Doença de Parkinson- uma revisão sistemática

Introdução

O transtorno do comportamento do sono REM (TCSR) é uma parassonia descrita há pouco mais de três décadas (1). Caracteriza-se pela presença de um complexo de sinais resultantes da perda da atonia do sono REM, manifestada por abalos motores violentos e/ou vocalizações noturnas associados a sonhos vívidos e perturbadores (2).
Apesar do crescente reconhecimento clínico do TCSR nos dias atuais, o manejo desse distúrbio representa um grande desafio, pois o principal medicamento utilizado associa-se ao risco de quedas, declínio cognitivo, aumento de apneias, comprometendo ainda mais o manejo da DP (8).

Objetivo

Realizar uma revisão critica sobre o tema.

Métodos

Foi realizada uma busca via MEDLINE-Pubmed até julho de 2016 com os seguintes descritores: REM behavior sleep disorder treatment and Parkinson´s Disease (Fluxogram 1). Foram selecionados apenas trabalhos em inglês e ensaios clínicos sobre o tema, não sendo aceitos artigos de revisão. 11 artigos foram encontrados na literatura, dois foram rejeitados pois não foram considerados intervenções clinicas

Resultados

Até o momento a experiência acumulada no tratamento do RBD idiopático ou na sua forma secundária é oriunda em grande parte de estudos abertos, retrospectivos e de relatos anedóticos (11,12,13). Ha um número muito limitado de ensaios clínicos controlados e que utilizaram a PSG, que é ainda o padrão ouro para o seu diagnostico (2, 14,15). Nesses estudos o clonazepam (CNZ) e a melatonina ainda são os medicamentos mais eficientes no controle de até 70% dos sintomas (11,12,13). Especificamente no TCSR associada a DP o cenário ainda é mais preocupante em relação a qualidade dos estudos apresentados (11,17-24). Há poucos trabalhos de qualidade e os existentes apresentam um número bastante limitado de pacientes em cada braço, com metodologias e seguimentos variados (11,17-24). Diferentes classes de medicamentos já foram utilizadas como os benzodiazepínicos, anticonvulsivantes, agonistas melatoninérgicos, anticolinesterásicos, antagonistas glutamatérgicos, agonistas dopaminérgicos, além do próprio canabidiol (CBD) (11,17-24).

Conclusões

O Tratamento do TCSR associado a doença de Parkinson ainda é bastante limitado em virtude da baixa quantidade e qualidade dos trabalhos existente. As evidencias demonstram nessas séries que, com a exceção do clonazepam e da melatonina, novas drogas como o Ralmeteon e o Canabidiol como terapias promissoras

Palavras-chave

Doença de Parkinson , Transtorno Comportamental do sono REM, Tratamento

Área

Área Clínica

Instituições

Universidade de São Paulo - Sao Paulo - Brasil, Universidade Estadual do Amazonas - Amazonas - Brasil

Autores

Carlos Mauricio Oliveira Almeida, Vitor Tumas, Alan Luiz Eckeli